umapausa

umapausa

quarta-feira, julho 06, 2011

m. maria (iii)

Foi à pé a Trindade. Sal grosso pela casa, chá de alecrim, uns cravinhos da índia e talvez uns 18 ave-maria por dia.  Ela quer o bem estar enlatado, a alegria em fast food, passar a tinta por cima da madeira podre. "Tudo, tudo, menos enfrentar meus problemas. Tudo menos ir a fundo no meu íntimo, trazendo à tona meus demônios contidos." Sim. Ela deve pensar assim. Ela é toda fuga.

Nenhum comentário: