umapausa

umapausa

terça-feira, setembro 04, 2012

mais um estranho

você faz parte de uma maioria que não quero conhecer. mais um embaraço tosco dos que vive na superfície e sempre me enlouquecem com isso. porque eu preciso de mais.  preciso das conversas insanas, filosofias da alma. confessar meus segredos e destilar meus venenos em doses homeopáticas. planejar planos utópicos e discutir sobre aquela música. eu falo dos filmes, mas você e sua maioria ainda insiste em apreciar vodka ruim com suco de merda. falo do mundo e de como salvá-lo e você e sua maioria riem da minha suposta insanidade ou quem sabe, infantilidade. sinto falta dos pulsos fortes, das almas doces e bem ácidas. esses cheiros tão repetitivos, que soam gargalhadas dentro de mim, me enlouquece. porque não posso ir forte. não posso ser mais. me limito ao estado ínfimo de ser uma embalagem cabível para a maioria. por favor,  deem meia volta. preciso conversar sobre pessoas.
estou seca, mas com todas as palavras na beira de um ataque. qualquer cerveja me faz vomitar os prantos que nem sei o quê em quem nem sei quem é.
quero falar, mas não. minha voz é um zumbido. você e sua maioria estão galopando felizes na cobertura estúpida da superfície. e eu estou, como sempre, vivendo. fundo. fundo. bem no fundo do poço,




"People are strange, when you're a stranger
Faces look ugly when you're alone
Women seem wicked, when you're unwanted
Streets are uneven, when you're down

When you're strange, faces come out of the rain
When you're strange, no one remembers your name
When you're strange, when you're strange, when you're strange"
(The Doors- People are strange)

2 comentários:

Anonymous disse...

O autoconhecimento dói! Pq nós descobrimos quem realmente somos.Descobrimos os defeitos. Descobrimos as alegrias. Mas, ser assim é para poucos! A superfície nos deixa respirar, agora a profundidade.....essa nos deixa viver ...a profundidade nos mostra a vida sem eufemismos. A profundidade nos evolui, e com essa evolução, nunca mais precisaremos subir até a superfície. O oxigênio são os pensamentos, o intelecto, que nos supre completamente.

Luna disse...

' A superfície nos deixa respirar, agora a profundidade.....essa nos deixa viver ...'

é isso!