umapausa

umapausa

quinta-feira, fevereiro 28, 2013

de quem te ama mesmo assim


questiono-me nas ociosas horas, momentos cuja nostalgia é penetrante e as circunstâncias digerem os fracos pilares que sustentam meus convívios; nas pós euforias recheadas com o tédio; nos limites que me impede de abraçar bem forte um alguém que seja meu e nas mais derradeiras semanas que sucumbem a vontade de falar: por que acabaram-se os nossos assuntos?

Nenhum comentário: