umapausa

umapausa

quinta-feira, abril 11, 2013

eu que não sou sem você
não sei o que é você sem mim
vendo a fluidez das coisas
tão flácidas

enquanto se aderem nossos corpos
e unificam nossos vasos
eu bifurco nossas almas
e separo até as vidas

tudo na vã tentativa
de me ser
ou lembrar do que sou
e sozinha caminhar
até os seus
seus braços e
chorar no seu
seu colo




Nenhum comentário: