umapausa

umapausa

quarta-feira, setembro 25, 2013

memórias de uma estudante gauche

doces desencantos que a vida nos força a engolir. é o que pensava enquanto deambulava fraca por causa dos vãos livros pesados que carregava enquanto ia ladeira à cima. é quase um auto-castigo. preço que se paga por enganar a si mesma, pegando os livros gordos da biblioteca para amenizar a consciência pesada de ter ido embora no meio da aula. não sou de fazer isso. aulas são coisas sagradas. mas precisava usar essa porra de baixa resiliência pra alguma coisa dramática. e foi isso que fiz. fingi cair para derreter gosmenta na minha cama a tarde toda. fingi as desavenças comigo mesma, para poder fica pelada, mergulhar nos meus travesseiros e assistir as novelas da globo. é o que direi para ela na sexta: eu finjo cair para curtir uma preguiça inexplicável de enfrentar a vida, eaí?