umapausa

umapausa

terça-feira, abril 15, 2014

sinto rompido um ciclo que me prendia no desuso. sinto que ainda que, morta, estou começando a sentir novas mitoses. algo no meu corpo começa a se mover e ainda estou queimando, ainda produzindo cinzas. como se fosse mais uma contração do parto futuro. como se fosse um sinal de que mesmo a vida arrancado pedaços, ela também tem o dom de ressurgir. as coisas morrem. as coisas renascem. perder e conquistar são às vezes sinônimos. porque de uma vitória só há glórias e prazeres, mas de uma derrota, há reflexão. há de adentrar lá dentro de si até achar a parte que sufoca. sinto que passei uns meses num ciclo maldito de dores e aprendizagens, ciclo do qual o maior defeito era eu estar presa. mas quebrou-se. as mitoses existem. e ai de mim se eu não estiver livre.

2 comentários:

Thuan Carvalho disse...

voltou a ser criança, enfim.

luna disse...

haha,voltei a viver, então.