umapausa

umapausa

sexta-feira, junho 06, 2014

correr pro abraço cego. você e sua voz tão conformada, de quem tem sabedoria e muita compreensão, me desaba. odeio sua forma tão meiga de destruir todos  meus planos malignos contra nós dois. me sinto pequena. murcha. revelada.  quero chorar minha maldade. expulsar meus demônios nessas lágrimas. Preciso ser envolvida. um aperto. colo. ser mimada. e quem melhor faz isso é você. que me espatifou.  

6 comentários:

Singularidade disse...

Quisera eu, ser espatifada todo dia e recomposta em alegria.
Quisera eu portar a sorte de olhar pra trás e sorrir da agonia.

Thuan Carvalho disse...

dois lados, sempre na mesma moeda.

Francis Espíndola disse...

luna,
se sentir revelada é terrível e maravilhoso.

ps: passa no meu blog, acho que vai gostar da última cartinha que postei.

luna disse...

singularidade: que lindo. e doloroso.

luna disse...

thuan: exato..

luna disse...

francis: sim, terrivelmente maravilhoso