umapausa

umapausa

domingo, dezembro 07, 2014



que haja secura, onde a chuva torta não toca os montes 
que haja lodo, onde o sol não toca solo
que haja sangue, onde não se fecunda o óvulo
que haja discórdia, onde se prefere matar diálogo
que haja pranto, onde não há vigília do amor
que haja o que há de haver, que antes doa o que tem que morrer.
mas que sem dor,  haja eu. onde você deixa escapar sem nunca saber. e morrer.







Nenhum comentário: